Tenho certeza que isso já aconteceu com você!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Tenho certeza que isso já aconteceu com você!

.

Você já ouviu falar sobre estados alterados de consciência?
Pois é, nossa mente possui frequências de funcionamento diferentes em cada situação ou momento.

Essas oscilações se assemelham a ondas de rádio, as quais vamos desde o estado Beta de consciência (vigília /acordado), ao Alfa (sonolência), Gama, Delta e Theta (sono profundo).

Nesses Estados alterados de consciência inúmeros fenômenos ocorrem, que vão desde fenômenos telepaticos, intuição, clarividência, memória de outras épocas, viagens astrais etc..

Já aconteceu com você de estar pensando ou falando de alguém na rua e ao virar o quarteirão encontrar a pessoa?

Pensar em alguém e, logo após, o(a) mesmo(a) entrar em contato de alguma forma?

Sonhar com algo e dias depois o sonho se confirmar?

Ao falar alguma coisa para outra pessoa, vocês falarem ao mesmo tempo e darem risada por terem pensado juntos?

Sabe quando alguém está te falando algo e, por dentro, você sente ou ouve algo lhe sussurrar aos ouvidos que é mentira – a famosa intuição, saber de algo apenas por um sentimento muito interno de saber sem saber como.

Essas e outras situações de forma aleatória ou sem controle em nossas vidas frequentemente acontecem, mas já imaginou ter um certo controle sobre isso?

As faculdades parapsicologicas não são fenômenos menos interessantes assim como menos catalogadas na história humana, agora o ponto que se abre: É possível desenvolver essas faculdades/poderes de modo a serem úteis na minha vida? Quais conhecimentos ou práticas/exercícios devo fazer para desenvolver/ativar essas faculdades espirituais/parapsicologicas?

Se você quer saber como desenvolver seu potencial psíquico/espiritual comente abaixo ou nos envie um direct solicitando informações!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário